Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > 12ª OBAP - Premiação
Início do conteúdo da página

12ª OBAP - Premiação

Publicado: Segunda, 11 Setembro 2023 18:34 | Última Atualização: Quinta, 30 Novembro 2023 16:31 | Acessos: 2041

Estudantes do IFSudesteMG, IFSULDEMINAS e Etec Prof. Carmelino Corrêa Júnior (SP) são os campeões da 12ª OBAP

Link para certificados dos vencedores da fase presencial

- Certificados de participação alunos

- Certificados de participação orientadores


- Classificação final das equipes: categoria Técnico Integrado/Concomitante

- Notas provas práticas: categoria Técnico Integrado/Concomitante

- Notas prova teórica: ambas as categorias

- Classificação final das equipes: categoria Técnico Subsequente

Notas provas práticas: categoria Técnico Subsequente

Captura de tela 2023 09 11 204355A 12ª edição da Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP) chegou ao fim neste domingo (10/09), em seu terceiro dia de atividades. A competição, que recebeu 150 estudantes e 50 orientadores, representando 16 estados brasileiros, encerrou-se com uma cerimônia realizada no auditório Embrapa Sede, no Plano Piloto de Brasília, quando foram anunciados os vencedores desta edição.

A OBAP estimula o ingresso dos jovens nas carreiras técnico-científicas, integrando estudantes de cursos técnicos da área e os conectando à ciência e às práticas contemporâneas da agricultura e pecuária e, em 2023, foi realizada pelos Institutos Federais do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS) e de Brasília (IFB) no Campus Planaltina do IFB, com o apoio do Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Também contribuíram para a realização da olimpíada a Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé), Receita Federal do Brasil e a empresa Fuzil Ferramentas.

auditorioSolenidade

A cerimônia de encerramento e de premiação da OBAP contou com a presença de todas as 50 equipes competidoras, além de autoridades do Governo Federal e de gestores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Rede EPCT) e da Embrapa. Os convidados da tribuna de honra foram o secretário de Educação Profissional e Tecnológica da Setec, Getúlio Marques Ferreira; a diretora de Departamento de Popularização da Ciência, Tecnologia para Educação Científica do MCTI, Juana Nunes; os reitores do IFSULDEMINAS, IFB, e IF Baiano, Cleber Ávila Barbosa, Veruska Machado e Aécio José Araújo Passos Duarte, respectivamente; os diretores-gerais do Campus Muzambinho do IFSULDEMINAS e do Campus Planaltina do IFB, Renato Souza e Nilton Cometti, respectivamente; a diretora de Pessoas, Serviços e Finanças da Embrapa, Selma Lúcia Lira Beltrão; além do diretor de Desenvolvimento da Rede EPCT do MEC e coordenador-geral da OBAP, Marcelo Bregagnoli.

getulioEm sua fala, o secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Getúlio Marques, saudou as políticas do Governo Federal em prol da valorização e do incentivo das ciências e da educação técnico-profissionalizante. “Essa parceria [dos institutos federais com o MEC] faz com que as atividades sejam mais estimulantes para os estudantes, dialogando com o espaço físico e com a cadeia produtiva do país”.

Por sua vez, a representante do MCTI destacou o lado do trabalho coletivo proporcionado pela OBAP. “Ela é muito interessante porque não foca apenas no desempenho individual, são equipes que estão in loco construindo esse conhecimento técnico juntas, num evento bem ‘mão na massa’, bem estimulante”, distinguiu Juana Nunes.

Em seu discurso, o reitor do IFSULDEMINAS destacou que os estudantes são o centro de todos os esforços em ações como a OBAP. “Os estudantes que têm a oportunidade de vivenciar momentos como esta olimpíada saem transformados. Acreditamos que a sala de aula é essencial, contudo, espaços como a OBAP representam algo a mais para a interlocução, o intercâmbio de ideias e o protagonismo estudantil”, destacou Cleber Ávila Barbosa.

cleberJá a reitora do IFB, Veruska Machado, salientou como a realização da OBAP representa o “DNA de integração da Rede Federal de Ensino”, que faz 15 anos neste ano de 2023. “Somos 41 instituições de ensino que trabalhamos, desenvolvemos e colhemos juntos os resultados dessas ações, que mobilizam esse ‘tripé’ de ensino, pesquisa e extensão e ampliam cada vez mais a formação dos jovens”, disse.

Em sua fala, a representante da Embrapa exaltou a potencialidade da OBAP de promover a prática e os conhecimentos da área de agrárias, além de ser uma competição saudável, de grande interação, cooperação e performance. “Nos enche de esperança poder ver o setor da agropecuária rejuvenescer e, principalmente, atuar cada vez mais em prol de sistemas agroalimentares mais sustentáveis, nas dimensões social, ambiental e econômica”, enfatizou Selma Lúcia Lira Beltrão.

Por fim, o coordenador-geral da OBAP, Marcelo Bregagnoli, afirmou que a OBAP não é apenas um projeto do IFSULDEMINAS, mas um programa que extrapola o âmbito institucional e que se encontra na fase de consolidação e profissionalização. “A OBAP envolve várias instituições e pessoas, prova disso é a evolução, a cada edição, no número de inscritos, de participantes e de órgãos, empresas e indivíduos interessados em contribuir, em ter seu nome vinculado à esta olimpíada, marcada sobretudo pelo seu compromisso com o bom gerenciamento e otimização de recursos e com a reflexão sobre as metodologias, as aplicações e as tecnologias que implicarão no futuro da formação técnica de qualidade para o campo”, declarou.

subsequenteO coordenador-geral adiantou, brevemente, como será a edição de 2024 da olimpíada. “Para a 13ª edição da OBAP iremos realizar um processo diferente de seleção da instituição-sede da etapa final e presencial. Será lançado um edital, até o final de ano, para possibilitar a candidatura de todas as instituições interessadas”, anunciou Bregagnoli.

Premiações

Durante a cerimônia houve o momento mais aguardado pelos competidores ao longo da competição: o anúncio e a premiação dos estudantes que se destacaram durante a realização das provas da 12ª OBAP. Aos agraciados foram entregues medalhas, brindes cedidos pelos patrocinadores do evento e troféus aos primeiros colocados.

Na premiação por equipe, cinco delas da categoria Técnico Subsequente foram reconhecidas por obterem os melhores desempenhos nas provas teórica e prática. A primeira colocação ficou com a equipe “3 Colinas” do Centro Estadual de Educação Tecnológica (Etec) Prof. Carmelino Corrêa Júnior, da cidade de Franca (SP). “Alegria total, quando chegar em casa e na escola vamos festejar bastante. Eu gosto demais da área Agropecuária e pretendo seguir este caminho profissionalmente”, compartilhou Guilherme Ferreira, com seu troféu de campeão nas mãos.

integrado venceJá na categoria Técnico Integrado/Concomitante, ao todo, foram distribuídas 45 medalhas às quinze equipes mais bem classificadas. O primeiro lugar foi conquistado pela equipe Agroalpha do IFSULDEMINAS - Campus Muzambinho. Bianca Lima Ribeiro dedicou a vitória à família e à orientadora Ariana Vieira Silva, dizendo que sem “o apoio e base deles não estaria aqui”. Toda a equipe também enfatizou a mobilização da comunidade e do campus na preparação deles para a OBAP. “Estudamos muito, mas contamos com a ajuda de outros professores e de proprietários rurais da nossa cidade que cederam equipamentos agrícolas para treinarmos. Esse entrosamento e apoio fizeram a gente levar esse troféu para casa”, revelou Matias Borges.

A premiação individual celebrou o desempenho dos cinco competidores de ambas as categorias que alcançaram as melhores notas no teste teórico. Foram cinco estudantes premiados, sendo que o destaque ficou com a estudante Bárbara Campos de Oliveira, do IFSudesteMG - Campus Rio Pomba. “Eu estou encantada com tudo, com a competição, com o que eu vivi aqui, com a convivência com todas as outras equipes e pela conquista. A Agropecuária é a minha paixão!", falou a campeã muito emocionada.

Texto: Luciano Verdolin (Ascom IFB) e Renata Silveira (Ascom IFSULDEMINAS/OBAP)
Fotos: IFB e IFSULDEMINAS
Data: 11/09/2023
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Realização: IFSULDEMINAS

OBAP © 2024. Todos os direitos reservados

Desenvolvido com o CMS de código aberto Joomla