Competição Internacional

Equipe brasileira ganha premiações na IESO na França

Entre um grupo composto por 120 alunos competidores de 30 países diferentes, a equipe brasileira comprosta pelos alunos medalhistas da 6ª OBAP: Bruno Abreu Pancotto, Guilherme Pratissoli Pancieri, Bruna de Oliveira Magnani (IFES) e Lucas Schaefer Batista (IFSul Rio Grandense), representaram o Brasil e conquistaram premiações na 11ª Olímpiada Internacional de Ciências da Terra (International Earth Science Olympiad – Ieso), que ocorreu na França, entre os dias 21 e 29 de agosto de 2017.

Os alunos enfrentaram por três dias uma maratona de provas práticas e teóricas, na língua inglesa, além da participação no ITFI - International Team Field Investigation (Time Internacional de Investigação de Campo), que é um tipo de pesquisa em grupo, composto por sete participantes de diferentes países do mundo.

O objetivo desta prova era investigar aspectos geológicos e o que eles desencadeiam para a sociedade. Para esta modalidade, o grupo do estudante Guilherme recebeu o certificado de primeiro lugar, e o grupo do estudante Bruno conquistou o segundo. “Foi muito enriquecedor participar desta competição, acredito que todos que estiveram lá com certeza cresceram muito como pessoas e profissionais, por termos tido experiências com diferentes culturas e conhecimentos”, destacou Guilherme.

Na premiação principal da Olímpiada, que é a individual, o estudante Bruno Pancotto foi um dos estudantes que conquistou a medalha de bronze, premiação difícil de ser alcançada. “Nos preparamos por dois anos para chegar até aqui, mas mesmo assim eu não esperava receber uma das principais premiações, já que concorremos com estudantes das melhores escolas do mundo. Fico muito feliz em ter participado e ter mostrado a capacidade do Brasil, foi uma experiência inimaginável”, contou o estudante Bruno.

Texto adaptado da Fapes

05/09/2017

20994242 1584474344956366 7163068580164148963 n